Nossos parceiros

Don Cassioselaimen Gelada em Casa Remate Web Lance Rural Kay Gangue Imóveis Crédito Real Rural

Nossos parceiros

Don Cassioselaimen Gelada em Casa Remate Web Lance Rural Kay Gangue Imóveis Crédito Real Rural

Ano deve ser de retomada nos negócios em pista



O ano de 2024 deve ser marcado pela retomada da pecuária e, consequentemente, pela valorização dos exemplares em pista.



02/01/2024 13:46:33

Ano deve ser de retomada nos negócios em pista


O ano de 2024 deve ser marcado pela retomada da pecuária e, consequentemente, pela valorização dos exemplares em pista. Leiloeiro Fábio Crespo, da Parceria Leilões, projeta um ano de reposição de fêmeas nos campos. O que deve resultar, segundo ele, em incremento para todo o setor. “Pode ser que não tenhamos um boom imediato. Mas as perspectivas são muito positivas, especialmente, pensando nos próximos anos, como 2025 e 2026”, sinaliza.


De acordo com o leiloeiro, assim como em 2023, reprodutores de genética de qualidade seguirão se destacando em pista e garantindo preços atrativos e liquidez nos remates. “O criador que investir em uma seleção superior terá ainda mais lucro em 2024 e 2025”, garante. Outra tendência que deve continuar neste ano é a segregação da oferta. “Espera-se que os pecuaristas continuem a realizar mais de um leilão ao longo do ano. O que tem feito com que a Temporada de Primavera, antes iniciada em meados de agosto e setembro, se estenda ao longo dos meses”, afirma. 


O mercado também deve se manter aquecido em 2024, segundo Crespo, para a venda de cavalos Crioulos. “Em 2023, tivemos excelentes resultados nos leilões de equinos e o ritmo deve ser o mesmo neste ano. Destaque, principalmente, para os eventos promovidos pela ABCCC, que movimentam o mercado e a paixão pelo Crioulo”, reforça.


Na foto: Fábio Crespo

Crédito da foto: Carolina Jardine