Nossos parceiros

Don Cassio Selaimen Gelada em Casa Remate Web Lance Rural Kaygangue Imóveis Crédito Real Rural Parceria TV

Nossos parceiros

Don Cassio Selaimen Gelada em Casa Remate Web Lance Rural Kaygangue Imóveis Crédito Real Rural Parceria TV

Leiloeiros rurais querem prioridade em leilões judiciais



Leiloeiros rurais visam garantir que leilões judiciais de áreas rurais e itens de propriedades sejam realizados por um profissional habilitado



28/02/2024 15:46:23

Leiloeiros rurais querem prioridade em leilões judiciais


Os leiloeiros rurais gaúchos estão mobilizados para garantir que todos os leilões judiciais de áreas rurais e itens relacionados a propriedades tenham que ser, obrigatoriamente, realizados por um profissional habilitado. A proposição foi apresentada pelo presidente do Sindicato dos Leiloeiros Rurais e Empresas de Leilão Rural do RS (Sindiler), Fábio Crespo, durante o Encontro Sindiler Futuro & Tendências, realizado na tarde desta terça-feira (27/2) no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). “Alguns dos leiloeiros já realizam leilões judiciais. Mas, apesar desta obrigação estar prevista em lei, não é cumprida na maioria das comarcas. Precisamos fazer valer esse direito”, sinaliza Crespo. Uma ação coletiva deve ser ajuizada pelo sindicato nas próximas semanas. Explanando sobre as potencialidades deste mercado, o advogado Clóvis Gonçalves frisou que, garantindo esse direito, os profissionais deverão se cadastrar nas suas comarcas para que sejam, então, nomeados pelo Judiciário nos diferentes processos envolvendo bens rurais.


O encontro também reuniu associações de raça em uma tarde de interação e troca de informações sobre o futuro dos negócios e projeções para a temporada 2024. Ao lado das diretorias da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Associação Brasileira de Angus, Associação Brasileira de Brangus (ABB), Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC) e a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Crespo sinalizou para um ano de retomada. “Os leiloeiros rurais, hoje, respondem por 80% da comercialização de reprodutores bovinos e equinos no Rio Grande do Sul. Sejam grandes ou pequenos, esses escritórios têm um trabalho muito importante que contribui diretamente para a valorização do agronegócio gaúcho”, salientou.


O Encontro Sindiler Futuro & Tendências ainda prestou homenagem a leiloeiros e à apoiadora Denise Barreto Nunes. Ao abrir o evento, o diretor da Farsul Francisco Schardong reforçou a importância da parceria existente entre a federação e o Sindiler. O ato também contou com os presidentes do Banrisul, Fernando Lemos; da Febrac, Marcos Tang; da Angus, Mariana Tellechea; da ANC, Joaquin Villegas, e da OAB/RS, Leonardo Lamachia.


Durante assembleia geral do Sindiler, os leiloeiros rurais realizaram alteração estatutária e aprovação de contas. O Encontro Sindiler Futuro & Tendências conta com o patrocínio do Banrisul, Sistema Fecomércio, RemateFy, Farsul e apoio do Lance Rural, Programa Cavalos, TNT Produtora, Frigorífico Coqueiro, ABCCC, Supra, Arco, AgroPago, Parceria Leilões, UniControl Soluções Ambientais, ANC/Promebo, Renascer Biotecnologia, Bah Free Shop e Editora Kaygangue.



Crédito das fotos: Carolina Jardine